Casas estão começando a ser demolidas nas proximidades da barragem no bairro Bela Vista; indenizações milionárias estão sendo pagas em Itabira, relata morador

spot_img
spot_img

Segundo um morador que preferiu não se identificar, cerca de 11 casas no bairro Bela Vista, que fazem divisa com a barragem da mineradora Vale, já começaram a ser demolidas e os impactos são significativos.

De acordo com o morador, que reside no bairro há mais de 35 anos, ele nunca viu o terror e o espanto nos olhos das pessoas como agora.

O morador, que é carreteiro, teme sair para trabalhar e voltar para casa encontrando todo o bairro destruído, tornando o lugar assustador.

O homem de 35 anos comparou as saídas e indenizações como se fosse o bairro Vila Paciência, onde alguns moradores permaneceram no local e algumas casas foram invadidas por usuários de drogas e moradores de rua, devido à nova proprietária, a mineradora Vale, não ter ocupado e cercado a propriedade.

Vários moradores estão sendo indenizados, enquanto outros não estão, e as demolições, juntamente com as casas já indenizadas, estão causando rachaduras nas casas vizinhas e desvalorizando os imóveis. O lugar está ficando deserto, com poucos moradores, e não há segurança no local, permitindo que usuários de drogas invadam o local para furtar materiais dos destroços das casas demolidas.

Segundo o morador, ele já participou de várias reuniões com a Vale, porém, nada foi definido para todos os moradores, apenas para alguns de forma individual, e eles se sentem desassistidos pela mineradora.

As ruas João Júlio de Oliveira Jota e Cônego Guilhemino Pereira, totalizando 11 casas já demolidas, não recebem a vigilância da Vale, deixando o local ermo e perigoso.

O morador relata que há vizinhos enfrentando problemas de saúde e ansiedade, sem saberem se devem sair de suas residências, se serão ou não indenizados, ou se podem ser afetados em caso de um rompimento da barragem.

spot_img
spot_img
spot_img
** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.

Ação não permitida.