Delegado João Teixeira cumpre mandados contra suspeitos de praticar o crime de tortura em Itabira

spot_img
spot_img

A equipe do delegado João Martins Teixeira efetuou o cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão em desfavor de três suspeitos da pratica do crime de tortura na cidade de Itabira. As diligências foram realizadas nos bairros Major Lage e Fênix na manhã desta terça-feira, 23 de abril.

De acordo com a Polícia Civil, os investigados foram vítimas de furto de um videogame e alguns tênis em data anterior. Então, os sujeitos compareceram à Delegacia de Polícia e registraram a ocorrência.

“Não obstante a confecção da denúncia junto à Polícia Civil, as vítimas do furto, ora investigados, localizaram os supostos autores do furto, os levaram para um imóvel, local em que, sob a ameaça de uma arma de fogo, agrediram tais indivíduos. Toda a ação dos investigados foi filmada por eles mesmos e divulgada em uma rede social”, disse a PCMG em nota.

Durante as buscas foram apreendidos aparelhos celulares e um videogame, que teriam sido subtraídos pelas vítima da tortura.

“A repressão de casos como esse é de extrema importância, sobretudo para que as pessoas entendam que esse tipo de conduta também é criminosa. Não cabe aos agressores investigar delitos, muito menos aplicar penas. Condutas como as apontadas nos autos devem ser extirpadas de uma sociedade democrática. Não iremos tolerar que grupos façam ‘justiça com as próprias mãos’”, disse o doutor João Martins Teixeira.

spot_img
spot_img
spot_img
** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.

Ação não permitida.