Dos últimos prefeitos de Itabira, Marco Lage foi o que menos investiu na saúde pública

Dos últimos prefeitos de Itabira, Marco Lage foi o que investiu a menor porcentagem do orçamento em saúde pública no 2º ano de mandato

Confira abaixo o quanto cada um dos últimos três prefeitos de Itabira investiu em saúde, educação e pessoal no 2º ano de mandato. Os dados são do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG).

O segundo ano de governo foi utilizado, pois os dados de 2023 ainda não foram entregues em sua totalidade e o ano de 2013 não foi disponibilizado pelo portal “Fiscalizando com o TCE”. Devido a inflação e a diferença de orçamentos, foi utilizada como parâmetro a porcentagem de investimento.

As informações completas estão disponíveis do ano de 2014 até 2022, são públicas e estão disponíveis no site do TCE para consulta.

Investimento em saúde pública

  • 2014 – Damon Lázaro de Sena (na época do PV) investiu 27.31% do orçamento
  • 2017 – Ronaldo Lage Magalhães (na época do PTB) investiu 26.11% do orçamento
  • 2022 – Marco Antônio Lage (PSB) investiu 17.63% do orçamento

Educação

  • 2014 – Damon Lázaro de Sena (na época do PV) investiu 29.75% do orçamento
  • 2017 – Ronaldo Lage Magalhães (na época do PTB) investiu 30.49% do orçamento
  • 2022 – Marco Antônio Lage (PSB) investiu 30.20% do orçamento

Gastos com pessoal

  • 2014 – Damon Lázaro de Sena (na época do PV) investiu 38.54% do orçamento
  • 2017 – Ronaldo Lage Magalhães (na época do PTB) investiu 37.75% do orçamento
  • 2022 – Marco Antônio Lage (PSB) investiu 31.65% do orçamento
** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.