Faltando pouco menos de um mês, prefeitura vai gastar quase R$ 1 milhão e meio em iluminação natalina; quem assina é Gabriel Quintão

Faltando pouco menos de um mês para o Natal, a Prefeitura Municipal de Itabira vai gastar R$ 1.341.500,00 para contratação de empresa especializada para execução de serviços de decoração artística e iluminação natalina no munícipio. O termo homologação foi assinado pelo secretário municipal de Administração, Gabriel Duarte de Alvarenga Quintão.

Vários outros municípios já instalaram e acenderam as luzes de Natal. Em Itabira, isso só deve ocorrer depois da primeira semana de dezembro. A iluminação vai muito além do clima de final de ano, ela incentiva o consumo local e estimula a geração de emprego e renda, promovendo o aquecimento da economia da cidade.

Caso a Prefeitura ou o secretário queiram se manifestar, o endereço eletrônico do Notícias Uai é: noticiasuai@gmail.com .

Leia na íntegra:

“TERMO DE HOMOLOGAÇÃO
Pelo presente termo, HOMOLOGO o PROCESSO PMI/SMA/SUCON N° 351/2023 – PREGÃO
ELETRÔNICO N° 150/2023, cujo objeto consiste em: Contratação de empresa especializada para execução de serviços de decoração artística e iluminação natalina do Município de Itabira, com fornecimento de mão de obra e materiais para pleno funcionamento das estruturas, conforme disposições contidas neste edital, para todos os fins de direitos, por estar em conformidade com a Lei Federal nº 10.520 de 17/07/02, Decreto nº 10.024 de 20/09/2019, com aplicação subsidiária da Lei 8.666/1993, com as alterações introduzidas pelas Leis 8.883/94, 9.648/98 e 9.854/99, que teve como vencedora a empresa ENCEL ENGENHARIA DE CONSTRUÇÕES ELÉTRICAS LTDA, no valor de R$ 1.341.500,00 (um milhão, trezentos e quarenta e um mil e quinhentos reais), vinculado ao prazo
de 60 (sessenta) dias.
Itabira, 24 de novembro.
Gabriel Duarte de Alvarenga Quintão
Secretário Municipal de Administração”

** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.