Grupo empresarial adquire usina de energia solar por R$ 16,2 milhões em Itabira

A Suno Asset, gestora de ativos do Grupo Suno, comprou a usina da Itabira Energia Solar, em Minas Gerais. Negociada a R$ 16,2 milhões, a propriedade fará parte do fundo imobiliário Suno Energias Limpas (SNEL11).

A nova aquisição da Suno Asset para o fundo de investimento imobiliário (FII) será paga em três parcelas, conforme detalhado no “Fato Relevante” divulgado pela XP Investimentos no papel de Administradora:

  • Primeira parcela sinalizadora, de R$ 2.431.110,00, paga no início de dezembro;
  • Segunda parcela, Securitizada, R$ 12.155.550,00, efetuada em 27 de dezembro;
  • Última parcela, de R$ 1.620.740,00, a ser paga ainda este ano.

Para o pagamento da segunda parcela foi emitido um Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRIs) lastreado nos créditos imobiliários decorrentes do contrato de locação do Imóvel. O volume integralizado foi de R$ 15.422.000,00, com prazo de vencimento de 180 meses, remuneração de IPCA + 11,00% a.a., pagamento de juros mensal, amortização “Price” paga mensalmente, mas com carência de principal de 24 meses.

A usina Itabira Energia Solar tem capacidade instalada de 3,058 MWp e é capaz de gerar até 402,00 MWh/mês. Atualmente, o empreendimento tem um contrato de locação já firmado. O prazo do contrato é de 10 anos e assegura o direito de recebimento integral da performance obtida pelo local neste período.

 

 

Fonte: Reprodução / Suno Notícias | Foto ilustrativa (capa): Gil Leonardi / Imprensa MG

** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.