Itabirano é assassinado dentro de presídio em Governador Valadares

O itabirano Ismael Rodrigues, de 44 anos, foi morto enforcado com um lençol por outro detento, dentro do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (CERESP) de Governador Valadares, na noite dessa segunda-feira (8). O companheiro de cela, de 19 anos, confessou o crime, segundo a polícia.

O policiais penais tomaram conhecimento do assassinato no momento em que faziam a triagem dos presos para a retirada de alvarás de soltura. Um detento informou o que havia acontecido.

Ismael Rodrigues foi encontrado no chão com uma corda improvisada com o lençol enrolada no pescoço. Foram feitas manobras de ressuscitação, mas a vítima não respondeu.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou a morte do preso.

A perícia foi acionada e o corpo foi encaminhado para o IML da cidade.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), informou por meio de nota ao G1 que confirma o registro de óbito de um custodiado no Presídio de Governador Valadares:

“Por volta das 20h30 da última segunda-feira (8), policiais penais foram retirar presos da área de triagem, em razão de cumprimento de alvarás de soltura, quando um custodiado informou que havia um preso sem vida na sua cela.

Ismael Rodrigues, de 44 anos, foi encontrado caído ao chão. Manobras de massagem cardíaca foram realizadas enquanto o SAMU foi acionado; apesar das tentativas de reanimação, por volta de 21h15 o óbito foi constatado pelo médico da equipe.

Um dos outros quatro presos ocupantes da cela assumiu a autoria do crime. A Polícia Civil foi acionada e todos os trâmites de polícia judiciária foram iniciados. O custodiado que assumiu o crime foi autuado em flagrante e conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos.

Todos os procedimentos legais estão sendo realizados para a devida responsabilização pelo crime e elucidação dos fatos. A unidade segue a sua rotina sem demais eventos de segurança”.

 

 

Fonte: g1 Minas

** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.