Itabirano Silvio Almeida, que matou jovem de 22 anos no dia do aniversário, é condenado a 18 anos de cadeia

O itabirano Silvio Almeida da Silva, de 43 anos, foi condenado a 18 anos de cadeia pelo homicídio da jovem Joyce Luiza Silva de Araújo – de 22 anos. O julgamento ocorreu nesta quarta-feira, 7 de fevereiro, no Tribunal do Júri da Comarca de Ipatinga.

O assassinato aconteceu em via pública no dia 5 de maio de 2023 na Rua Tucanaçu, no bairro Chácaras Madalena, em Ipatinga. Segundo informações, Joyce estava grávida e foi morta com dois tiros à queima roupa na data do próprio aniversário. Após o crime, Silvio Almeida fugiu e foi capturado 4 dias depois na cidade de Piúma, no Espírito Santo.

Conforme relatos, a vítima teria terminado um relacionamento com o acusado, que passou a fazer ameaças. Ela chegou a denunciar Silvio na Delegacia da Mulher. Joyce terminou o relacionamento ao descobrir que ele estava usando seus dados pessoais sem autorização para fazer compras e contrair dívidas. Silvio já tinha várias passagens por estelionato, furto e receptação.

De acordo com informações, o Ministério Público alegou que a pena aplicada ao criminoso foi extremamente branda e irá recorrer para aumentar o tempo de prisão.

*Reportagem do Notícias Uai, com foto e colaboração de Wellington Fred – do Diário do Aço.

** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.