spot_img

Ladrão “Patolinha” acaba morto após trocar tiros com a Polícia Militar no bairro Bethânia

O ladrão “Patolinha” morreu após trocar tiros com a Polícia Militar na noite desta sexta-feira (16/2). O fato aconteceu no bairro Bethânia, em Ipatinga.

Segundo informações, Richardson de Souza, de 27 anos, estava em uma motocicleta roubada quando parou em um bar no bairro Limoeiro. Com uma arma de fogo, ele rendeu dois homens no estabelecimento. O ladrão se assustou com a reação das vítimas – que rapidamente pegaram os celulares e colocaram em cima de uma mesa. Ele então fugiu do local.

- Publicidade -

Em outra rua no bairro Limoeiro, “Patolinha” se deparou com um jovem de 23 anos que estava tirando uma moto Honda XRE-300 da garagem. O rapaz teve a carteira, o celular e a moto levados pelo assaltante – que abandonou a outra motocicleta.

Em contato com a Polícia Militar, a vítima informou que havia um rastreador na XRE. Os militares então localizaram o bandido em uma residência no bairro Bethânia.

Os policiais cercaram o imóvel, momento em que o assaltante pulou o muro e fugiu. Durante rastreamento, os agentes encontraram o delinquente escondido atrás de uma caixa d’água de uma casa em construção.

Ao perceber que havia sido localizado, “Patolinha” efetuou disparos de arma de fogo contra a Polícia Militar – que revidou e atingiu o criminoso. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Márcio Cunha, mas não resistiu e morreu.

Conforme informações, “Patolinha” era um considerado de alta periculosidade e tinha várias passagens pela polícia e tinha um mandado de prisão em aberto contra ele.

spot_img
** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.

Ação não permitida.