Ministério Público instaura procedimento para apurar desabastecimento de água em Santa Bárbara durante onda de calor

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Santa Bárbara, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, instaurou na segunda-feira, 20 de novembro, Investigação Preliminar (IP) do Procon-MG para apurar situação de desabastecimento de água em Santa Bárbara, causada, nos últimos dias, pela Copasa.

De acordo com a Promotoria, o problema perdurava no município desde o fim de semana – quando as temperaturas bateram recorde no país, devido à onda de calor – até o dia de instauração do procedimento.

Ainda segundo o órgão, o atual desabastecimento de água no município não é fato isolado. As constantes interrupções na prestação do serviço público já deram origem a outra Investigação Preliminar e ao ajuizamento, em 2014, de uma Ação Civil Pública, após constatação da má qualidade da água.

A Copasa será notificada para prestar informações sobre os fatos. A Promotoria também solicitará ao município de Santa Bárbara que informe as medidas tomadas em relação ao desabastecimento atual, iniciado em 17 de novembro.

 

 

Fonte: Acom / MPMG

** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.