Polícia Civil prende fotógrafo suspeito de estuprar criança de 10 anos durante ensaio

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, na última quarta-feira (6/12), em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, um homem, de 42 anos, por estupro de vulnerável. Segundo investigações, o suspeito, que trabalhava como fotógrafo, teria abusado de uma criança, de 10 anos, durante um ensaio fotográfico. Ele foi detido em cumprimento de mandado de prisão temporária. Os policiais realizaram ainda buscas no estúdio de fotografia do investigado.

Conforme apurado pela equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Betim, a vítima teria sido abusada pelo suspeito no momento da troca de figurino, em outubro deste ano. O investigado teria se interessado pela menina durante uma sessão fotográfica em família, e a teria convidado a fazer algumas fotos sozinha. O fotógrafo pediu que ela se despisse em sua frente e após ser atendido, realizou os atos libidinosos.

Após a troca de roupa, os familiares perceberam que a criança estava com comportamento incomum, e ao conversarem com ela, ouviram o relato do ocorrido. Os pais da criança registraram um boletim de ocorrência e divulgaram o episódio nas redes sociais, o que fez com que outras vítimas do fotógrafo procurassem a delegacia, relatando os abusos que sofreram quando eram adolescentes. Na época dos fatos, as mães das jovens não teriam acreditado nelas.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional e se encontra à disposição da justiça. As investigações continuam.

 

Fonte: Acom / PCMG

** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.