Policial é preso após reagir e matar suspeito de tentar assassinar militar em Minas Gerais

Um homem morreu após ser baleado no pescoço logo depois de tentar assassinar um policial militar com caco de vidro em Ponte Nova, na região da Zona da Mata, nesta quinta-feira (11 de janeiro). O criminoso tinha furtado um veículo e era suspeito de ser integrante de uma facção criminosa.

De acordo com a Polícia Militar, após ser informada sobre o furto do veículo, os agentes fizeram buscas e localizaram o suspeito do crime em uma casa no bairro Triângulo. O local, conforme registrado na ocorrência, é conhecido por ser ponto de tráfico de drogas.

Após o suspeito ser abordado, ele passou a resistir e agredir os militares. Mesmo depois de ter uma das mãos algemadas, ele conseguiu quebrar uma janela e, utilizando um caco de vidro, tentou atingir o pescoço de um dos militares. Um dos PMs reagiu e atirou contra o indivíduo.

O homem chegou a ser socorrido, em estado grave, para um hospital da região, no entanto não resistiu aos ferimentos. Conforme o procedimento de praxe, o policial foi preso e teve a arma apreendida.

** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.