Prefeitura de Itabira vai diminuir lista de remédios distribuídos gratuitamente na rede pública de saúde, diz jornal

spot_img
spot_img

Conforme publicação do jornal Diário de Itabira, a Prefeitura Municipal de Itabira vai reduzir a lista de medicamentos distribuídos gratuitamente na rede pública de saúde.

Segundo o Diário, a prefeitura solicitou ao Conselho de Saúde mudanças na Relação Municipal de Medicamentos, que passou de 154 remédios distribuídos gratuitamente para 150.

De acordo com o jornal, entre os excluídos estão o polivitamínico solução oral e o benzoilmetronidazol 40mg/ml, suspensão oral, utilizado no tratamento da giardíase e amebíase.

A ciclobenzaprina de 5 mg, hidroxiquinofina 0,4 mg/ml e a trolamina 140 mg/ml foram incluídas na Relação, segundo o jornal.

Desde que assumiu a prefeitura, o prefeito Marco Antônio Lage (PSB) não está conseguindo um equilíbrio na saúde do município. Várias reclamações de atendimento e faltas de medicamento estão tomando conta das rede sociais e de programas de rádios matinais da cidade.

Itabira esta tendo uma de suas melhores arrecadação da história, ultrapassando a casa dos bilhões de reais.

spot_img
spot_img
spot_img
** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.

Ação não permitida.