Só em 2023, deputado Tito Torres recebeu mais de R$ 300 mil em verbas indenizatórias

O deputado estadual Tito Torres (PSD), natural de João Monlevade, recebeu durante o ano de 2023 cerca de R$ 300.681,36 em verbas indenizatórias da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Os valores pagos ao deputado se referem a custos de locação de imóvel, combustível, manutenção de veículos, consultorias, entre outros, de fevereiro a dezembro de 2023.

Outros gastos também podem ser reembolsados como locação e fretamento de veículos, passagens, hospedagem, alimentação, material de expediente, despesas gerais com informática, promoção e participação em eventos e assinaturas de publicações, periódicos e clippings.

Por outro lado, o deputado só apresentou 67 projetos no período, segundo o site da ALMG.

Tito Torres está no terceiro mandato como deputado e foi reeleito em 2022 com 96.811 votos, sendo 2.073 em Itabira.

** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.