Suspeito de assassinar homem no bairro Fênix pode ser condenado a até 30 anos de prisão, diz delegado

spot_img
spot_img

A Delegacia Regional de Itabira cumpriu um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva contra o suspeito de assassinar um homem no dia 9 de abril de 2024.

No dia dos fatos, a Polícia Militar recebeu a solicitação do Samu informando que havia um homem vítima de disparos de arma de fogo caído em uma oficina mecânica na Rua Matilde Bragança Pereira, bairro Fênix.

“A vítima teria chegado ao local, três minutos antes do crime, para negociar um veículo. Nesse intervalo de tempo o autor chegou ao local em outro veículo e efetuou os disparos que levaram a vítima a óbito. As investigações concluíram que a motivação dos fatos seria porque a vítima realizou uma venda/compra de veículo com o autor, e que a vítima não repassou o produto/dinheiro, e que constantemente o autor estava cobrando-a”, disse a PCMG em nota.

“A Autoridade Policial representou pela prisão preventiva do investigado, sendo ele capturado e preso no dia 12 de junho de 2024. O inquérito foi concluído e encaminhado ao Poder Judiciário para prosseguimento da persecução criminal, a pena máxima do delito pode chegar até trinta anos de prisão”, concluiu.

spot_img
spot_img
spot_img
** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.

Ação não permitida.