“A velha política está de volta a Itabira”: leia a crônica de um autor desconhecido

spot_img
spot_img

Crônica de um autor desconhecido:

“Não duvidem. O homem só fez bagaçada, lero-lero, recebeu o registro oficial de MAL, e está de volta. Último recurso para vencer: Está dizendo que Lula vem aí

Aberto a todos, em Itabira, os meios e costumes da chamada velha política. Abaixo a lista de costumes que retornam ao dia a dia como se estivéssemos na Idade Média itabirana. A partir de meses atrás, acelerando com o passar dos dias, o medo de perder faz criar um absurdo de façanhas próprias de quem não ama a democracia, impõe a vontade própria e toma decisões prejudiciais ao dia a dia.

DE QUE ITABIRA PRECISA? Vamos ao extremo das necessidades:

1. UMA CIDADE SEM ÁGUA
a. Não deu certa a distribuição de barro. A comunidade não gostou.
b. Construção de rede para o Rio Tangue ainda não começou. Quando começar haverá o empecilho de contaminação na fonte.
c. Outro obstáculo será a transposição de bacias.
d. Ninguém faz nada. A prioridade agora chama-se “eleições”.

2. UMA CIDADE DOS LIXÕES
a. A Central de Resíduos é de incumbência da Vale. Há um acordo resumido assim: “Deixem a Vale em paz.
b. Faz 24 anos que o assunto está sendo embromado. A ordem é continuar o trapeio.
c. Manter a coleta misturada. O povo pensa que temos coleta seletiva, mas não é verdade.
d. Itabira não tem Aterro Sanitário. Tem super Lixão.

3. ENGAMBELO CHAMADO UNIFEI
a. Em três anos, o governo manteve a Unifei abandonada.
b. O número de alunos da Universidade Federal está caindo semestre a semestre.
c. Com o dinheiro que seria empregado na Unifei fazem-se pracinhas.
d. O absurdo, depois de encerrar o mandato, há a decisão, ainda sem garantias, de que a Unifei caminhará. Mas não dizem que agora é “atrás do prejuízo”.

4. O METRÔ ERA BRINCADEIRA?
a. Era uma promessa feita publicamente: “Muito fácil construir um metrô.
b. O povo fez piada. O assunto deixou claro que o candidato não é sério.
c. Como muitas outras pautas de comícios e lives, o tema era para distração de quem estava de depressão.
d. A depressão maior foi de quem nunca esteve tão triste com a molecagem.

5. CADÊ O PARQUE TECNOLÓGICO?
a. A formatação do projeto estava pronta.
b. A Unifei seguia o projeto de Renato Aquino.
c, O modelo seria de Sophia Antipolis, na França mas o prefeito deixou esquecido.
d. Aeroporto Industrial, Porto Seco: nada disso foi feito.

6. LGBTQI
a. Não foi tocado esse assunto na campanha.
b. Mas o prefeito disse que era compromisso dele. Clandestino?
c. O vice-prefeito fez que ficou bravo, mas nada disso estava.

7. MARKETING FORTE
a. Chegou o Marqueteiro X que não é de Itabira.
b. Ordem ao prefeito: “Não faça obras caras, só obrinhas”
c. A cara do governo são as pracinhas e faça o máximo possível.
d. Outra ordem do Marqueteiro X: “Misture com as crianças. Governo é populista. Óleo de peroba na cara”.
e. “Festas, Festinhas e Festanças: a ordem até outubro”.
f. Uma novidade vem aí, podem crer: Lula vai ajudar na campanha.”

spot_img
spot_img
spot_img
** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.

Ação não permitida.