Trio de estrangeiros é suspeito de furtar casa de promotor de Justiça

spot_img
spot_img

Três homens, dois uruguaios e um chileno, foram presos pela Polícia Militar (PM) em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, neste sábado (15), suspeitos de furtar, ao menos, duas residências no interior do estado. Uma delas foi a casa de um promotor de Justiça em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, na quinta-feira (13).

De acordo com o boletim de ocorrência, os estrangeiros foram localizados na Avenida General David Sarnoff, na Cidade Industrial, após monitoramento e troca de informações com a PM de Itaúna, no Centro-Oeste, depois que o trio furtou uma casa na cidade no final de semana. O veículo em que eles estavam trafegava em alta velocidade na Rodovia Fernão Dias quando foi interceptado após sair da BR.

No carro, vários materiais eletrônicos como televisão, computadores, além de R$ 1.926 foram encontrados.

Em depoimento, um dos suspeitos confessou o crime em Itaúna. O homem contou ainda que o grupo entrou em uma casa na cidade de Diamantina e levou vários objetos de alto valor.

O veículo usado na ação é de uma locadora na capital, mas estava sem rastreador.

Os sul-americanos estavam hospedados em um hotel, no Centro de BH, há alguns dias e no local a PM encontrou os itens furtados em Diamantina na casa do promotor de Justiça.

 

spot_img
spot_img
spot_img
** Os comentários de internautas em publicações das redes sociais do Notícias Uai não representam, necessariamente, a opinião deste portal e são de inteira responsabilidade do autor.

Ação não permitida.